Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: AQ3 RENDA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIOCNPJ do Fundo: 14.069.202/0001-02
Data de Funcionamento: 27/07/2012Público Alvo: Investidor Qualificado e Profissional
Código ISIN: BRARFICTF004Quantidade de cotas emitidas: 111.732,96
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: Títulos e Valores MobiliáriosSegmento de Atuação: Títulos e Val. Mob.Tipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Indeterminado
Data do Prazo de Duração: Encerramento do exercício social: 31/12
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: FOCO DTVM LTDA.CNPJ do Administrador: 00.329.598/0001-67
Endereço: Rua Joaquim Floriano, 100, 17º andar- Itaim Bibi- São Paulo- SP- 04534-000Telefones: (11) 3113-0060
Site: www.focodtvm.com.brE-mail: regulatorio@focodtvm.com.br
Competência: 12/2017

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: AQ3 Asset Management Ltda08.964.545/0001-20Av. Paisagista José Silva de Azevedo Neto,200 - Barra da Tijuca - RJ+55 (21) 3385 4979
1.2 Custodiante: Banco Paulista S/A61.820.817/0001-09Av. Brigadeiro Faria Lima,1.355 - São Paulo - SP+55 (11) 3299-2385
1.3 Auditor Independente: BAKER TILLY 4PARTNERS AUDITORES INDEPENDENTES S/S 18..59.6.9/45/0-00Rua Castilho 392 andar 4 CJ 42 Brooklin Paulista São Paulo CEP 04568-010+55 (11) 3107-4505
1.4 Formador de Mercado: ../-
1.5 Distribuidor de cotas: ../-
1.6 Consultor Especializado: ../-
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: ../-
1.8 Outros prestadores de serviços¹:
Não possui informação apresentada.

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Não possui informação apresentada.

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

Não possui informação apresentada.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
No Exercício findo em 31/12/2016 o fundo apresentou um resultado esperado. O ano de 2016 foi duramente afetado pela recessão e o aprofundamento da crise econômica. Os preços dos imóveis residenciais e comerciais apresentaram quedas recorrentes ao longo dos meses no período de 2016. No segmento comercial, cerca de 25% dos escritórios do país estão vazios.
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
A diminuição nas atividades ligadas ao segmento logístico foi explicada pela conjuntura política e econômica do país. A alta taxa de juros do ano passado e a inflação elevada, impactou diretamente no poder de consumo da população e tem como reflexo o enfraquecimento das transações e novas expansões do mercado. A demora na reação frente à retomada da economia brasileira permanece ditando o ritmo do mercado. O segmento de condomínios logísticos não apresentou uma paralisação tão intensa quanto outras áreas do mercado imobiliário, mas sofreu o impacto de uma intensa queda de demanda que afetou sua rentabilidade e expectativas de crescimento. Ainda que os proprietários dos imóveis demonstrem flexibilidade em criar oportunidades de novos negócios, o segmento de condomínios não absorveu o número de entregas. A redução da absorção líquida somada ao novo inventário, fez com que a taxa de vacância aumentasse em 2016, encerrando o ano em 25%, segundo a Colliers International. Isso representa um aumento de 7% pontos percentuais em comparação à 2015. O inventário nacional de condomínios logísticos de alto padrão encerrou 2016 com 12.472 mil m², segundo a Colliers International. Os estados que receberam novas áreas durante o ano foram São Paulo, Rio de Janeiro, Amazonas, Bahia e Pernambuco. Contudo, é o menor volume de entrega desde 2013. O preço praticado nos condomínios logísticos brasileiros se manteve estável no fechamento do ano. Boa parte dos proprietários optaram por não cobrar a correção dos contratos em 2016 na tentativa de se adaptar ao momento de mercado de crescimento lento e excesso de ofertas.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
A expectativa é que o ano de 2017 apresente um cenário mais favorável para investimentos. Com a inflação e juros se normalizando ao longo do ano, a tendência é a melhora do ânimo dos investidores frente à efetividade do atual governo. A ligeira retomada econômica deve criar oportunidades para novos negócios entre os proprietários e inquilinos reaquecendo gradativamente o setor. Os preços devem se manter em leve queda, com tendência à estabilização, sem grandes variações em 2017. Dessa forma, o mercado tende a permanecer seguindo as necessidades dos ocupantes, no que se refere à negociação de carências, descontos e outros incentivos para atrair futuros inquilinos. A expectativa é que a absorção líquida seja um pouco superior ao ano passado, associada a uma entrega moderada de novos empreendimentos, fazendo com que atual taxa de vacância diminua.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
Queimados24.731.760,50NÃO0,00%
Aroma19.300.000,00NÃO0,00%
Kaiser - E4.351.316,80NÃO0,00%
Kaiser108.840.000,00NÃO0,00%
Taubate15.599.700,00NÃO0,00%
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
O modelo de análise considera a apuração dos resultados do empreendimento. Para a determinação do valor de mercado do empreendimento foi criado um fluxo de caixa considerando o período de operação, totalizando uma projeção de 10 anos.
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Rua Joaquim Floriano,100 - 17º andar - Itaim Bibi - São Paulo - SP
www.focodtvm.com.br ; www.cvm.gov.br
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
(i) O envio de matérias, temas na ordem do dia, como os documentos pertinentes às deliberações são encaminhados para os cotistas através de endereço eletrônico (e-mail) e disponibilizados no sites da administradora: www.focodtvm.com.br; e no site da CVM www.cvm.gov.br. (ii) Na necessidade de pedido público de procuração será enviado através do endereço eletrônico do cotista com e-mail cadastrado na administradora.
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
Somente poderão votar nas Assembleias, os cotistas inscritos no cadastro da Administradora com registro do Fundo. O cotista titular das cotas deverá apresentar documento de identificação ou prova de representação. No caso de votação eletrônica (e-mail), os votos são encaminhados no prazo máximo de até um minuto antes do horário estipulado para Assembleia de Cotistas, devidamente assinada. A assinatura é validada com o cadastro do cotista junto a Administradora.
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
Os votos são encaminhados por meio de comunicação eletrônica (e-mail), no prazo máximo de até um minuto antes do horário estipulado para Assembleia de Cotistas, devidamente assinada. A assinatura é validada com o cadastro do cotista junto a Administradora.

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
Durante o período de investimento, a Instituição Administradora receberá pelos serviços prestados ao Fundo, taxa de administração ("Taxa de Administração") que equivalerá ao somatório de (i) taxa fixa de 1,50% (um e meio por cento) ao ano, incidente sobre o Patrimônio Líquido do Fundo, calculada e provisionada diariamente, com base em um ano de 252 (duzentos e cinquenta e dois) dias úteis, que será paga mensalmente, até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao vencido, a partir do mês em que ocorrer a primeira integralização de Cotas ("Taxa Fixa"); e (ii) taxa adicional de 1,0% (um por cento) ao ano que variará nos termos do item 10.1.2 abaixo, incidente sobre o Patrimônio Líquido do Fundo, calculada e provisionada diariamente, com base em um ano de 252 (duzentos e cinquenta e dois) dias úteis, que será paga mensalmente, até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao vencido ("Taxa Adicional"). Findo o período de investimento, a Taxa Fixa será de 0,90% (noventa centésimos) ao ano, calculada e paga nos termos desta cláusula.
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
643.000,001,50%1,50%

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: Sergio Paulino FerreiraIdade: 51
Profissão: EconomistaCPF: 049.147.198-00
E-mail: sergio.ferreira@focodtvm.com.brFormação acadêmica: Superior Completo - Ciências Econômicas PUC/SP
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 20/02/2017
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Não possui informação apresentada.
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminal
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadas
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 13,0021.381,8219,13%0,00%19,13%
Acima de 5% até 10% 2,0015.881,0714,22%0,00%14,22%
Acima de 10% até 15%
Acima de 15% até 20% 1,0017.493,4315,66%0,00%15,66%
Acima de 20% até 30%
Acima de 30% até 40%
Acima de 40% até 50%
Acima de 50% 1,0056.976,6350,99%0,00%50,99%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
Não possui informação apresentada.
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Não possui informação apresentada.
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Não possui informação apresentada.
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Não possui informação apresentada.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
Não possui informação apresentada.

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII