Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: CAPITÂNIA SECURITIES II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FIICNPJ do Fundo: 18.979.895/0001-13
Data de Funcionamento: 05/08/2014Público Alvo: Investidor Qualificado e Profissional
Código ISIN: BRCPTSCTF004Quantidade de cotas emitidas: 1.000.000,00
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: Títulos e Valores MobiliáriosSegmento de Atuação: Títulos e Val. Mob.Tipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Indeterminado
Data do Prazo de Duração: Encerramento do exercício social: 31/12
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: BNY MELLON SERVICOS FINANCEIROS DTVM S.A.CNPJ do Administrador: 02.201.501/0001-61
Endereço: AV. PRESIDENTE WILSON, 231, 11º ANDAR- CENTRO- RIO DE JANEIRO- RJ- 20030905Telefones: 32192554
Site: www.bnymellon.com.brE-mail: bnymellon_cvm@bnymellon.com.br
Competência: 12/2017

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: CAPITÂNIA S.A.04..27.4.0/10/0-00Rua Tavares Cabral, 102, 6º andar, Pinheiros - São Paulo - SP11 32587880
1.2 Custodiante: BANCO BRADESCO S/A60..74.6.9/48/0-00Cidade de Deus, s/nº, Vila Yara - Osasco - São Paulo - SP11 36845122
1.3 Auditor Independente: KPMG AUDITORES INDEPENDENTES57..75.5.2/17/0-00Av. Almirante Barroso, nº 52, 4º andar, Centro - Rio de Janeiro - RJ21 35159400
1.4 Formador de Mercado: ../-
1.5 Distribuidor de cotas: BANCO BRADESCO S/A60..74.6.9/48/0-00Cidade de Deus, s/nº, Vila Yara - Osasco - São Paulo - SP11 36845122
1.6 Consultor Especializado: ../-
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: ../-
1.8 Outros prestadores de serviços¹:
Não possui informação apresentada.

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Relação dos Ativos adquiridos no períodoObjetivosMontantes InvestidosOrigem dos recursos
14G0093068Investimento de longo prazo5.172.059,78Caixa do fundo
15F0600033Investimento de longo prazo1.212.160,30Caixa do fundo
15C0088187Investimento de longo prazo1.288.670,95Caixa do fundo
11D0025379Investimento de longo prazo1.236.092,00Caixa do fundo
13J0067805Investimento de longo prazo1.215.627,39Caixa do fundo
15H0123006Investimento de longo prazo1.420.087,80Caixa do fundo
13L0048356Investimento de longo prazo4.953.589,91Caixa do fundo
17C2574153Investimento de longo prazo7.148.848,98Caixa do fundo
17E0851336Investimento de longo prazo6.476.912,22Caixa do fundo
17B0048622Investimento de longo prazo2.006.049,65Caixa do fundo
16L0178106Investimento de longo prazo5.011.851,84Caixa do fundo
17H0164854Investimento de longo prazo5.042.406,03Caixa do fundo
17E0840314Investimento de longo prazo582.601,65Caixa do fundo
17K0161325Investimento de longo prazo3.311.018,92Caixa do fundo
13D0463613Investimento de longo prazo2.184.188,47Caixa do fundo

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

Na virada do ano o fundo possuia aproximadamente 4,4% do seu PL em caixa. Assim, a equipe de gestão pretende alocar em pelo menos um CRI para que este caixa fique próximo a zero.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
O resultado do fundo foi em linha com as expectativas da equipe de gestão. Conseguimos reduzir o caixa do fundo de 27% do PL para apenas 4% do PL, alocando em CRIs com spreads de crédito na faixa de 3.0% a 5.0% a.a. A exposição média por CRI baixou para aproximadamente 3,5%. Foram distribuidos R$ 10,26 por cota, valor em linha com o objetivo do fundo.
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
A equipe de gestão do fundo está otimista com o segmento imobiliário como um todo para o ano de 2018, principalmente devido a i) recuperação econômica; ii) maior acesso a financiamento imobiliário em função de juros mais baixos por um tempo prolongado; iii) maior equilíbrio de oferta e demanda de espaços corporativos; iv) recuperação gradual do varejo; v) inflação controlada. Dito isto, acreditamos que o valor das garantias das operações de crédito ganham bastante valor, assim como melhora a qualidade de crédito das empresas tomadoras.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
A equipe de gestão entende que tem uma carteira de CRIs de boa qualidade com garantias resilientes. Em dezembro de 2017 os ativos do fundo possuiam um spread de crédito ponderado de aproximadamente CDI + 4.05%, o equivalente a aproximadamente inflação + 7.54% considerando o duration equivalente. Esta carteira permite entregar um retorno em linha com o objetivo, que é de CDI + 2.0%, ou o equivalente em inflação.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
Não possui informação apresentada.
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
Não aplicável
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Os documentos estão disponíveis na sede social do Administrador
https://www.bnymellon.com.br/sf/AppPages/investimentfunds/fund.aspx?iditem=2764
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
Requerimento escrito enviado via carta endereçada à sede social do Administrador ou através de e-mail enviado ao endereço eletrônico: CSDstructured@bnymellon.com.br
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
(i) Os cotistas presentes devem apresentar documento de identificação na Assembleia. Somente poderão votar na Assembleia os cotistas inscritos no registro de cotistas na data da convocação, seus representantes legais ou procuradores legalmente constituídos há menos de 1 ano. (ii) As deliberações da assembleia poderão ser adotadas mediante processo de consulta formal, sem necessidade de reunião dos cotistas , desde que observadas as formalidades previstas no Artigos 41 e 42 deste regulamento e art. 41, incisos I e II, da INSTRUÇÃO CVM 472. A consulta formal será realizada por correio eletrônico a ser enviado aos cotistas , e deverá conter todos os elementos informativos necessários ao exercício do direito de voto. Os cotistas deverão responder a consulta ao administrador no prazo de 15 dias úteis a contar da data de sua expedição. (iii) Os cotistas poderão votar por meio de comunicação escrita ou eletrônica, desde que recebida pelo administrador até o dia anterior à data da assembleia. Sem prejuízo das demais disposições do Regulamento, a critério do administrador, os cotistas poderão participar da assembleia por meios remotos (vídeo conferência, teleconferência ou outros meios), hipótese em que os cotistas participantes deverão, no mesmo dia da assembleia, enviar seus votos por comunicação escrita ou eletrônica, sob pena de desconsideração do voto.
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
Não aplicável

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
Pelos serviços de administração o FUNDO pagará a quantia global equivalente a 1.05% (um ponto zero cinco por cento) ao ano sobre o PATRIMÔNIO LÍQUIDO do FUNDO, observado o valor mínimo mensal de R$ 8.500,00 (oito mil e quinhentos reais) corrigido anualmente pela variação positiva do Índice Geral de Preços do Mercado, calculado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas, ou por outro índice que vier a substituí-lo), sendo que a referida taxa de administração será dividida entre o ADMINISTRADOR e o GESTOR nos termos do respectivo contrato de gestão, sendo estabelecido, ainda, que a remuneração devida ao escriturador pelos serviços de escrituração das QUOTAS será descontado da parcela da taxa de administração devida ao GESTOR. A TAXA DE ADMINISTRAÇÃO será calculada e apropriada por Dia Útil, com base no percentual referido no Parágrafo acima sobre o valor diário do PATRIMÔNIO LÍQUIDO do FUNDO do dia anterior apurado com base em 1/252 (um duzentos e cinquenta e dois avos), e será paga mensalmente, até o 5º (quinto) Dia Útil do mês subsequente ao vencido, para o ADMINISTRADOR e para o GESTOR, diretamente pelo FUNDO.
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
1.054.097,181,07%1,07%

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: CARLOS AUGUSTO SALAMONDEIdade: 44
Profissão: EconomistaCPF: 011.393.467-09
E-mail: carlos.salamonde@bnymellon.comFormação acadêmica: Investment Management and Marketing (2011 - Wharton School, USA); MBA em Management and Corporate Finance (2001 - Fundação Getúlio Vargas (FGV-RJ)); General Management in International Pension Funds( 1999 - Wharton School, USA); Graduação em Economia (1997)
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 31/01/2014
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Nome da EmpresaPeríodoCargo e funções inerentes ao cargoAtividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram
Banco Itaú Unibanco2008-2011Asset Servicing – Head Brasil e América Latina, Diretor Vice-PresidenteResponsável pelo negocio de Asset Servicing no Brasil e América Latina
Banco JP Morgan2011-2013Asset Management – CEO, Investment Management Brasil, Managing DirectorResponsável pelo negocio de Asset Management no Brasil
BNY Mellon Serviços Financeiros DTVM2013 -AtualmenteAsset Servicing – Head Brasil e América Latina, Diretor Vice-PresidenteResponsável pelo negocio de Asset Servicing no Brasil e América Latina
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminalNão aplicável
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadasNão aplicável
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 1.296,00704.574,0070,46%69,39%1,31%
Acima de 5% até 10% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 10% até 15% 1,00107.497,0010,75%0,00%10,75%
Acima de 15% até 20% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 20% até 30% 1,00187.929,0018,79%0,00%18,79%
Acima de 30% até 40% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 40% até 50% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 50% 0,000,000,00%0,00%0,00%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
Não possui informação apresentada.
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Não possui informação apresentada.
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Não possui informação apresentada.
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Não possui informação apresentada.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
Cada chamada de capital que será realizada para solicitar que os COTISTAS realizem aportes no FUNDO, mediante a integralização parcial ou total das COTAS que tenham sido subscritas por cada um dos COTISTAS, nos termos do respectivo Compromisso de Investimento. As CHAMADAS DE CAPITAL serão realizadas pelo ADMINISTRADOR, conforme orientação prévia do GESTOR, na medida em que sejam necessários aportes de recursos no FUNDO para (i) realização de investimentos em ATIVOS-ALVOS; ou (ii) pagamento de despesas e encargos do FUNDO.

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII