Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: VINCI SHOPPING CENTERS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FIICNPJ do Fundo: 17.554.274/0001-25
Data de Funcionamento: 10/03/2014Público Alvo: Investidores em Geral
Código ISIN: BRVISCCTF005Quantidade de cotas emitidas: 3.215.033,61
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: RendaSegmento de Atuação: ShoppingsTipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Indeterminado
Data do Prazo de Duração: Encerramento do exercício social: 30/12
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: BRL TRUST DISTRIBUIDORA DE TITULOS E VALORES MOBILIARIOS S.A.CNPJ do Administrador: 13.486.793/0001-42
Endereço: RUA IGUATEMI, 151, 19 ANDAR- ITAIM BIBI- SÃO PAULO- SP- 01451011Telefones: 11 3133-035011 4871-222111 3133-0351
Site: WWW.BRLTRUST.COM.BRE-mail: CONTABILIDADEDEFUNDOS@BRLTRUST.COM.BR
Competência: 12/2017

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: VINCI REAL ESTATE GESTORA DE RECURSOS LTDA13.838.015/0001-75Av Bartolomeu Mitre, 336 - 5º and - Leblon(21) 22431-002
1.2 Custodiante: BRL TRUST DTVM S.A.13.486.793/0001-42Rua Iguatemi, 151 19º and - Itaim Bibi(11) 3133-0350
1.3 Auditor Independente: BDO RCS AUDITORES INDEPENDENTES54..27.6.9/36/0-00Rua Major Quedinho, 90 - Consolação(11) 3848 5880
1.4 Formador de Mercado: XP INVESTIMENTOS CORRETORA DE CÂMBIO TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A.02..33.2.8/86/0-01Av. Brigadeiro Faria Lima, n° 3600, 10° andar, São Paulo, SP
1.5 Distribuidor de cotas: BRL TRUST DTVM S.A.13.486.793/0001-42Rua Iguatemi, 151 19º and - Itaim Bibi(11) 3133-0350
1.6 Consultor Especializado: ../-
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: ../-
1.8 Outros prestadores de serviços¹:
Não possui informação apresentada.

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Relação dos Ativos adquiridos no períodoObjetivosMontantes InvestidosOrigem dos recursos
Shopping Granja ViannaAquisição de fração ideal de 12,5% de shopping maduro de 30.463m² na região metropolitana de São Paulo para obtenção de renda.32.000.000,00Recursos provenientes da 3a. Emissão de cotas do Fundo.

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

O Fundo entende que o momento para realização de aquisição é oportuno. O mercado de shopping centers ainda é muito fragmentado, sendo que os quatro maiores players da indústria juntos detêm somente 15,6% do ABL do setor, com aproximadamente 84% do ABL de forma pulverizada. A fragmentação das propriedades de shoppings favorece, na visão do Fundo, a estratégia de aquisição, em especial, aqueles que tenham flexibilidade de adquirir shoppings em diferentes localizações, com variadas participações, de todos os tipos de vendedores, com ou sem possibilidade de administrar os ativos.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
O resultado apurado no exercício do fundo foi lucro no valor de R$ 12.528 (Milhões) O portfólio maduro e diversificado se mostrou resiliente nos períodos de crise e já mostra uma tendência de recuperação que se reflete nos indicadores operacionais: • O Fluxo de veículos, que apresentou redução por 5 trimestres consecutivos, teve crescimento de 4,1% e 3,2% nos últimos dois trimestres (2º e 3º trimestres de 2017 respectivamente); • O indicador de Aluguel nas Mesmas Lojas (SSR) teve crescimento médio de 3,8% nos últimos 12 meses (período de outubro a setembro). No mesmo período, um ano antes, o crescimento havia sido de 1,0%; • A taxa de inadimplência liquida do portfólio havia atingido patamares elevados durante a crise e nos últimos trimestres vem apresentando uma redução. Vale ressaltar que no último trimestre do ano a inadimplência liquida tende a ser positivamente impactada pela sazonalidade uma vez que o aumento das vendas em função do Natal e do Black Friday diminui a inadimplência dos lojistas e aumenta a recuperação de inadimplências passadas.
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
Depois de dois anos de forte recessão, onde o PIB brasileiro caiu 3,5% em cada ano, 2017 marcou a retomada do crescimento da economia. O IBC-Br divulgado pelo Banco Central, que é considerado uma prévia do PIB de 2017, aponta um crescimento de 1,0% no ano, fortemente impulsionado por um crescimento de 2,0% no varejo. Projeções da pesquisa Focus do Banco Central, de 16 de fevereiro de 2018, estimam um crescimento do PIB brasileiro de 2,8% e 3,0% para 2018 e 2019 respectivamente. Esse crescimento vem acompanhado de um cenário de inflação baixa e taxas de juros nas mínimas históricas. Depois de encerrar 2017 em 2,95%, o IPCA projetado para 2018 e para 2019 é de 3,81% e 4,25%, respectivamente, enquanto a SELIC atingiu 6,75% no início de 2018 e é projetada para permanecer nesse patamar em 2018 e atingir 8,0% em 2019. Na visão do Gestor, esses fatores compõem uma conjuntura altamente favorável para o crescimento da economia e, em especial, o consumo e o setor de varejo.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
O setor de shoppings já começa a dar sinais de uma recuperação nos seus principais indicadores. Depois de um período de 7 trimestres sem crescimento, a média de aluguel nas mesmas lojas (SSR) das principais companhias listadas apresentou crescimento nos últimos dois trimestres. Além disso, a inadimplência que havia sido elevado durante a crise começou a reduzir.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
Shopping Belem 41.801.986,42SIM8,24%
Ilha Plaza146.476.598,66SIM0,16%
Shopping Crystal 19.029.311,00SIM-2,75%
Shopping Granja Vianna 27.580.840,63SIM0,00%
Shopping Paralela55.284.730,93SIM4,24%
Center Shopping Rio15.140.317,13SIM1,45%
West Shopping34.156.372,73SIM2,42%
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
Os shoppings que já faziam parte do Fundo desde o período anterior foram avaliados conforme laudo de avaliação efetuado por consultor independente contratado pelo administrador.O Shopping Granja Vianna por ter sido adquirido no dia 22 de Dezembro de 2017 está contabilizado a valor de custo.
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Rua Iguatemi nº 151 19º andar Bairro Itaim Bibi Cidade de São Paulo Estado de São Paulo
WWW.BRLTRUST.COM.BR
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
O comunicado, envio, divulgação e/ou disponibilização, pelo Administrador, de quaisquer informações, comunicados, cartas e documentos, cuja obrigação esteja disposta no Regulamento ou na regulamentação vigente, será realizado por meio de correio eletrônico (e-mail). Quaisquer informações referentes ao Fundo poderão ser solicitadas pelo e-mail juridico.fundos@brltrust.com.br e pelo portal de Relacionamento com Investidores, no endereço www.vincishopping.com.br.
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
A comprovação da qualidade de cotista é realizada pela Administradora com base nas informações fornecidas pelo prestador de serviços de escrituração das cotas do Fundo, conciliadas com as posições obtidas nos sistemas do mercado de balcão organizado no qual há a negociação das cotas do Fundo. Manifestações de Cotistas, tais como voto, ciência, concordância ou quaisquer outras formas dispostas no Regulamento ou na regulamentação vigente, serão colhidas pessoalmente quando da realização de assembleias, ocasião em que é solicitada a apresentação de documento original de identificação do Cotista. Manifestações por meio de procuração serão aceitas, desde que originais e com firmas reconhecidas. As menifestações mencionadas poderão ser encaminhadas ao Administrador por meio de correio eletrônico, desde que o endereço eletrônico de origem seja (i) previamente cadastrado pelos Cotistas na base de dados do Administrador, ou (ii) assinado digitalmente por meio de assinatura eletrônica e/ou sistema de chave-pública.
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
As deliberações da Assembleia Geral de Cotistas do Fundo poderão ser tomadas mediante processo de consulta formalizada por correio eletrônico (e-mail), com confirmação de recebimento, a ser dirigido pelo Administrador a cada Cotista para resposta no prazo máximo de 30 (trinta) dias.

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
O Administrador receberá remuneração fixa e anual equivalente a 1,35% (um inteiro e trinta e cinco centésimos por cento) ao ano sobre o Valor de Mercado das Cotas (“Taxa de Administração”), observado o valor mínimo mensal de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) mensais, acrescida de valor adicional de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) pela prestação de serviços de gestão, acrescida de valor adicional de R$ 2.050,00 (dois mil e cinquenta reais) mensais além de despesas extraordinárias, pela prestação dos serviços de escrituração de cotas, sendo certo que (i) o valor mínimo mensal será atualizado anualmente, a partir da data de início das atividades do FUNDO, pela variação positiva do IPCA-IBGE (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
1.573.906,720,50%0,50%

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: RODRIGO MARTINS CAVALCANTEIdade: 43
Profissão: ContadorCPF: 16913257830
E-mail: rcavalcante@brltrust.com.brFormação acadêmica: Ciências contábeis e Direito
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 07/10/2011
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Não possui informação apresentada.
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminal
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadas
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 8.940,003.215.033,61100,00%68,63%31,37%
Acima de 5% até 10%
Acima de 10% até 15%
Acima de 15% até 20%
Acima de 20% até 30%
Acima de 30% até 40%
Acima de 40% até 50%
Acima de 50%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
A divulgação de ato ou fato relevante pela Administradora é realizada nos termos da regulamentação aplicável e seu conteúdo é disponibilizado no sistema Fundos.Net, vinculado à CVM e à B3, bem como no site da Administradora (http://www.brltrust.com.br/pt/administracao-de-fundos/fii/fii-vinci-shopping-centers/informacoes-fii-vinci) e no site de Relacionamento com Investidores, disponível no endereço www.vincishopping.com.br, portal em que o Cotista poderá consultar todos os documentos do Fundo e cadastrar-se para recebimento de atualizações via e-mail.
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
A negociação das cotas do Fundo é realizada exclusivamente por meio dos sistemas operacionalizados pela B3 - Brasil, Bolsa, Balcão S.A.
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
O Gestor adota política de exercício de direito de voto em assembleias gerais de ativos integrantes da carteira do Fundo, a qual disciplina os princípios gerais, o processo decisório e quais são as matérias relevantes obrigatórias para o exercício do direito de voto. Para tanto, o Administrador dá, desde que requisitado pelo Gestor, representação legal para o exercício do direito de voto em assembleias gerais dos emissores dos ativos da carteira do Fundo, de acordo com os requisitos mínimos exigidos pelo Código ANBIMA e pelas diretrizes fixadas pelo Conselho de Regulação e Melhores Práticas. Link para acesso à Política de Exercício de Direito de Voto pelo Gestor: https://www.vincipartners.com/uploads/Vinci%20Infraestrutura%20Gestora%20de%20Recursos_3.pdf
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Daniela Assarito Bonifacio Borovicz – CPF: 320.334.648-65 - Diretora responsável pelo Departamento Jurídico.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
As regras e prazos para chamada de capital do Fundo, se houver, estarão previstas nos documentos relativos às ofertas de distribuição de cada emissão de cotas.

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII