Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: BANESTES RECEBIVEIS IMOBILIARIOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIOCNPJ do Fundo: 22.219.335/0001-38
Data de Funcionamento: 14/05/2015Público Alvo: Investidores em Geral
Código ISIN: BRBCRITF009Quantidade de cotas emitidas: 4.400.000,00
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: Títulos e Valores MobiliáriosSegmento de Atuação: Títulos e Val. Mob.Tipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Indeterminado
Data do Prazo de Duração: Encerramento do exercício social: 31/12
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: BRL TRUST DISTRIBUIDORA DE TITULOS E VALORES MOBILIARIOS S.A.CNPJ do Administrador: 13.486.793/0001-42
Endereço: Rua Iguatemi, 151, 19º andar- Itaim Bibi- São Paulo- SP- 01451-011Telefones: (11)31330350
Site: www.brltrust.com.brE-mail: fii@brltrust.com.br
Competência: 12/2020

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: BANESTES DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A28.156.057/0001-01Av Nossa Senhora dos Navegantes, nº 755, lojas 07 e 08, Ed. Palácio da Praia, CEP 29.050-335 - Vitória/ES(27) 3383-3110
1.2 Custodiante: BRL TRUST DTVM S.A.13.486.793/0001-42Rua, Iguatemi, 151, 19° Andar - CEP 01451-011 São Paulo/SP(11) 3133-0350
1.3 Auditor Independente: GRANT THORNTON AUDITORES INDEPENDENTES 10.830.108/0001-65Av. Paulista, nº 37, 1º andar (Cj. 12), Bela Vista, São Paulo-SP(11) 3886-5100
1.4 Formador de Mercado: ../-
1.5 Distribuidor de cotas: ../-
1.6 Consultor Especializado: ../-
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: ../-
1.8 Outros prestadores de serviços¹:
Não possui informação apresentada.

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Relação dos Ativos adquiridos no períodoObjetivosMontantes InvestidosOrigem dos recursos
CRI_10G0033154 - GAIA Benefícios futuros858.202,73Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_10G0033154 - GAIA Benefícios futuros2.288.540,61Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_12H0020412 - RBCAPITALBenefícios futuros2.636.855,37Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_13F0056986 - HABITASEC Benefícios futuros6.486.318,07Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_14E0026716 - ISECBenefícios futuros1.373.736,24Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_15I0011480 - RB CAPITALBenefícios futuros3.149.507,82Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_15K0592011 - HABITASEC Benefícios futuros8.318.009,94Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_16G0500404_DU4 - TRUEBenefícios futuros2.233.754,38Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_16L0152390 - GAIABenefícios futuros780.755,25Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_17H0164854 - RB CAPITAL Benefícios futuros3.777.435,92Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_18C0804313 - GAIA Benefícios futuros3.340.393,03Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_18E0913223 - HABITASEC Benefícios futuros3.686.328,24Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_18E0913223 - HABITASEC Benefícios futuros1.002.261,42Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_18E0913224 - HABITASEC Benefícios futuros3.019.882,80Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19G0228153 - HABITASEC Benefícios futuros6.617.089,40Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19G0834961 - BARIBenefícios futuros5.647.770,88Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19G0834961 - BARIBenefícios futuros2.315.586,06Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19G0834961 - BARIBenefícios futuros2.146.152,93Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19I0341801 - TRUEBenefícios futuros659.712,42Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19I0739560 - ISECBenefícios futuros6.172.739,76Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19K0189458 - FORTEBenefícios futuros1.092.921,88Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19K0189458 - FORTEBenefícios futuros1.049.205,00Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19K0189467 - FORTEBenefícios futuros944.488,33Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19K0203352 - FORTEBenefícios futuros1.182.036,25Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19L0000002 - FORTEBenefícios futuros13.333.987,31Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_19L0132851_DU3 - OURINVESTBenefícios futuros12.125.061,23Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20A1026890 - HABITASEC Benefícios futuros10.290.474,10Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20F0755566 - VERT Benefícios futuros4.953.758,84Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20F0755573 - VERT Benefícios futuros4.862.505,67Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20F0834225 - TRUEBenefícios futuros9.775.555,74Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20G0684774 - FORTEBenefícios futuros22.770.741,98Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20H0206719 - FORTEBenefícios futuros6.452.491,16Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20H0206727 - FORTEBenefícios futuros1.804.743,48Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20I0871906_DU2 - ISECBenefícios futuros7.688.894,96Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20K0866670 - ISECBenefícios futuros18.173.286,71Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20L0504499 - FORTEBenefícios futuros18.137.028,25Recursos próprios / emissão de cotas
CRI_20L0653261 - RBCAPITALBenefícios futuros19.554.511,99Recursos próprios / emissão de cotas
FII BCIA - BCIA11Benefícios futuros22.581,16Recursos próprios / emissão de cotas
FII DEVANT - DEVA11Benefícios futuros6.725.430,00Recursos próprios / emissão de cotas
FII DEVANT - DEVA13Benefícios futuros11.347.348,00Recursos próprios / emissão de cotas
FII HECTARE - HCTR13Benefícios futuros1.285.628,75Recursos próprios / emissão de cotas
FII HECTARE - HCTR14Benefícios futuros588.810,60Recursos próprios / emissão de cotas

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

Nossa programação de investimentos em 2021 está vinculada a alocação de todos os recursos obtidos em nossas emissões. O Banestes Recebíveis Imobiliários já concluiu 8 emissões e, conforme as condições de mercado permitam, consideramos natural que novas emissões ocorram. Uma descrição detalhada dos ativos pretendidos para aquisição pelo fundo em 2021 não é tarefa fácil, dada a velocidade com a qual os ativos são analisados e comprados e a diversificação das ofertas. No entanto, podemos dizer que procuramos balizar nossa escolha buscando o nível de retorno de nosso benchmark, minimizando nossa exposição aos diversos riscos que nossos ativos possam apresentar. Privilegiamos riscos pulverizados e corporativos, com boa base de garantias.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
No exercício social findo em 31/12/2020, foi apurado o lucro no montante de R$ 36.554.104,31, sendo as principais rubricas: Rendas de Títulos de Valores Mobilliários no valor de R$ 90.017.210,05; Outras Receitas Operacionais no valor de R$ 1.696.513,29 e as demais despesas no valor de R$ 55.159.619,03. No mês de dezembro, o Fundo Banestes Recebíveis Imobiliários distribuiu o valor de R$ 1,14/cota, perfazendo um dividend yield de 0,98%, líquido de imposto de renda. O IGP-M registrado no período foi de 0,96%, apresentando variação de 23,14% em 12 meses.
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
O ano de 2020 foi marcado pela extrema volatilidade não somente no Brasil, mas em todo o mundo. O ambiente econômico fez os investidores adotarem comportamentos de aversão a riscos. Alguns acontecimentos colaboraram para a adoção desse tipo de postura por parte dos investidores, dentre eles as medidas de isolamento propostas e adotadas por diversos países ao redor do mundo e a grande necessidade de estímulo à economia que levou ao movimento de injeção de liquidez, adotado por diversos Bancos Centrais do mundo. Nesse cenário, percebemos uma forte contração na economia real em 2020, com a extensão de seus reflexos em 2021. O primeiro trimestre de 2020 foi o período mais afetado, ocorrendo seu momento mais crítico em março. Neste momento, percebemos um aumento no risco de crédito dos papéis integrantes das carteiras dos investidores, devido à elevação dos riscos de perda de receitas decorrentes, por exemplo, de inadimplência ou vacância de locatários, e de desvalorização de imóveis, entre outros. Diante das medidas de distanciamento social, que implicaram no fechamento de centros comerciais, alguns setores da economia apresentaram maiores impactos. Desta forma, CRIs de shopping centers e aqueles lastreados em carteiras pulverizadas (loteamentos, por exemplo), apresentaram índices maiores de risco de crédito. Esse período, foi caracterizado por ser um momento no qual as incertezas impediam projeções acertivas. Esta situação fez com que o mercado seguisse por seis meses sem uma efetiva retomada da atividade. A mudança das condições econômicas no setor imobiliário veio com uma forte recuperação, no último trimestre de 2021, ancorada tanto nas espectativas de retomada nas atividades quanto na eficácia da vacina. De forma geral, esta recuperação não foi suficiente para evitar que 2020 registrasse uma queda na geração de riqueza, mas certamente contribuiu para amenizar sua desaceleração dentro do ano.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
Em relação ao mercado imobiliário, prevemos um 2021 desafiador, mas com boas oportunidades à vista. Com a vacinação contra a Covid-19 ocorrendo em diversos países, a tendência é de que a atividade econômica volte a crescer. Além disso, os Bancos Centrais das principais economias têm sinalizado disposição para conceder mais estímulos monetários, que somados à perspectiva de retomada dos investimentos nos setores ligados à exportação, principalmente de commodities, tende a beneficiar o Brasil. Diante do atual cenário de juros baixos, que estimula a retomada da atividade econômica e favorece a concessão de financiamentos, acreditamos que o setor imobiliário no Brasil continuará vivenciando um momento favorável.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
CRI_10G0033154 - GAIA 286.067,57SIM0,00%
CRI_10G0033154 - GAIA 858.202,73SIM0,00%
CRI_10G0033154 - GAIA 2.288.540,61SIM0,00%
CRI_12H0020412 - RBCAPITAL329.606,92SIM0,00%
CRI_12H0020412 - RBCAPITAL2.636.855,37SIM0,00%
CRI_13D0463614 - GAIA 764.374,33SIM0,00%
CRI_13F0056986 - HABITASEC 864.842,40SIM0,00%
CRI_13F0056986 - HABITASEC 6.486.318,07SIM0,00%
CRI_13G0249947 - RB CAPITAL 192.448,33SIM0,00%
CRI_13I0061118 - RBCAPITAL1.312.179,91SIM0,00%
CRI_13L0034539 - BARI SEC3.365.241,75SIM0,00%
CRI_13L0034539 - BARI SEC3.365.241,75SIM0,00%
CRI_13L0034539 - BARI SEC373.915,75SIM0,00%
CRI_14E0026716 - ISEC137.373,62SIM0,00%
CRI_14E0026716 - ISEC549.494,49SIM0,00%
CRI_14E0026716 - ISEC1.373.736,24SIM0,00%
CRI_15I0011480 - RB CAPITAL14.397,75SIM0,00%
CRI_15I0011480 - RB CAPITAL3.149.507,82SIM0,00%
CRI_15J0170872 - ISEC368.032,40SIM0,00%
CRI_15K0592011 - HABITASEC 8.318.009,94SIM0,00%
CRI_15L0542353 - TRUE4.898.010,00SIM0,00%
CRI_16F0242080 - HABITASEC 370.021,05SIM0,00%
CRI_16G0500404_DU4 - TRUE279.219,29SIM0,00%
CRI_16G0500404_DU4 - TRUE2.233.754,38SIM0,00%
CRI_16I0965520 - RBCAPITAL374.653,76SIM0,00%
CRI_16L0152390 - GAIA156.151,05SIM0,00%
CRI_16L0152390 - GAIA780.755,25SIM0,00%
CRI_16L0152594 - TRUE6.065.695,67SIM0,00%
CRI_16L1024319 - ISEC3.573.893,51SIM0,00%
CRI_17B0048606 - ISEC790.574,55SIM0,00%
CRI_17B0048606 - ISEC790.574,55SIM0,00%
CRI_17B0174140 - BARI SEC7.691.402,85SIM0,00%
CRI_17C0868823 - RBCAPITAL2.475.722,19SIM0,00%
CRI_17C0868823 - RBCAPITAL4.305.175,48SIM0,00%
CRI_17H0164854 - RB CAPITAL85.850,81SIM0,00%
CRI_17H0164854 - RB CAPITAL 3.777.435,92SIM0,00%
CRI_18C0804313 - GAIA 311.770,01SIM0,00%
CRI_18C0804313 - GAIA 3.340.393,03SIM0,00%
CRI_18E0913223 - HABITASEC 83.780,18SIM0,00%
CRI_18E0913223 - HABITASEC 3.686.328,24SIM0,00%
CRI_18E0913223 - HABITASEC 1.002.261,42SIM0,00%
CRI_18E0913224 - HABITASEC 36.238,59SIM0,00%
CRI_18E0913224 - HABITASEC 3.019.882,80SIM0,00%
CRI_18F0879525 - TRUE2.131.520,58SIM0,00%
CRI_18F0879525 - TRUE1.421.013,72SIM0,00%
CRI_18F0922803 - TRUE2.388.866,20SIM0,00%
CRI_19B0177968_DU - NOVA420.192,30SIM0,00%
CRI_19B0177968_DU - NOVA 3.781.730,74SIM0,00%
CRI_19G0228153 - HABITASEC 47.604,95SIM0,00%
CRI_19G0228153 - HABITASEC 6.617.089,40SIM0,00%
CRI_19G0801197_DU2 - ISEC9.830.020,80SIM0,00%
CRI_19G0834961 - BARI 56.477,70SIM0,00%
CRI_19G0834961 - BARI5.647.770,88SIM0,00%
CRI_19G0834961 - BARI2.315.586,06SIM0,00%
CRI_19G0834961 - BARI2.146.152,93SIM0,00%
CRI_19I0341801 - TRUE8.788.931,95SIM0,00%
CRI_19I0341801 - TRUE659.712,42SIM0,00%
CRI_19I0739560 - ISEC1.697.503,43SIM0,00%
CRI_19I0739560 - ISEC6.172.739,76SIM0,00%
CRI_19I0739706 - ISEC3.204.837,05SIM0,00%
CRI_19J0133907 - RBCAPITAL8.862.746,24SIM0,00%
CRI_19J0713613 - HABITASEC 9.458.530,01SIM0,00%
CRI_19K0189288 - FORTE5.403.664,72SIM0,00%
CRI_19K0189458 - FORTE1.092.921,88SIM0,00%
CRI_19K0189458 - FORTE1.049.205,00SIM0,00%
CRI_19K0189467 - FORTE944.488,33SIM0,00%
CRI_19K0189468 - FORTE4.417.676,67SIM0,00%
CRI_19K0203352 - FORTE1.182.036,25SIM0,00%
CRI_19K1003755 - GAIA 16.695.475,50SIM0,00%
CRI_19L0000002 - FORTE13.333.987,31SIM0,00%
CRI_19L0132851_DU3 - OURINVEST12.125.061,23SIM0,00%
CRI_19L0882479 - TRUE35.247.649,54SIM0,00%
CRI_20A1026890 - HABITASEC 10.290.474,10SIM0,00%
CRI_20F0755566 - VERT 4.953.758,84SIM0,00%
CRI_20F0755573 - VERT 4.862.505,67SIM0,00%
CRI_20F0834225 - TRUE9.775.555,74SIM0,00%
CRI_20G0684774 - FORTE22.770.741,98SIM0,00%
CRI_20H0206719 - FORTE6.452.491,16SIM0,00%
CRI_20H0206727 - FORTE1.804.743,48SIM0,00%
CRI_20I0871906_DU2 - ISEC7.688.894,96SIM0,00%
CRI_20K0866670 - ISEC18.173.286,71SIM0,00%
CRI_20L0504499 - FORTE18.137.028,25SIM0,00%
CRI_20L0653261 - RBCAPITAL19.554.511,99SIM0,00%
FII BCIA - BCIA1122.581,16SIM0,00%
FII DEVANT - DEVA116.725.430,00SIM0,00%
FII DEVANT - DEVA1311.347.348,00SIM0,00%
FII HECTARE - HCTR131.285.628,75SIM0,00%
FII HECTARE - HCTR14588.810,60SIM0,00%
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
Entende-se por valor justo o valor pelo qual um ativo pode ser trocado ou um passivo liquidado entre partes independentes, conhecedoras do negócio e dispostas a realizar a transação, sem que represente uma operação forçada, conforme instrução CVM 516, Art. 7º §1º. Os fundos de investimentos imobiliários são trazidos ao valor justo através da marcação a mercado e a marcação de preço dos títulos de crédito privado (CRI) é feita na curva do papel.
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Rua Iguatemi nº 151 19º andar Bairro Itaim Bibi Cidade de São Paulo Estado de São Paulo
WWW.BRLTRUST.COM.BR
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
A convocação da Assembleia Geral de Cotistas pelo Administrador far-se-á mediante correspondência encaminhada a cada Cotista, por meio de correio eletrônico (email), contendo, obrigatoriamente, o dia, hora e local em que será realizada tal Assembleia e ainda, de forma sucinta, os assuntos a serem tratados.
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
A convocação da Assembleia Geral de Cotistas deve ser feita com pelo menos 30 (trinta) dias de antecedência no caso de Assembleias Gerais Ordinárias e com pelo menos 15 (quinze) dias de antecedência no caso de Assembleias Gerais 30 Extraordinárias, contado o prazo da data de comprovação de recebimento da convocação pelos Cotistas.
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
A convocação da Assembleia Geral de Cotistas pelo Administrador far-se-á mediante correspondência encaminhada a cada Cotista, por meio de correio eletrônico (email), contendo, obrigatoriamente, o dia, hora e local em que será realizada tal Assembleia e ainda, de forma sucinta, os assuntos a serem tratados.

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
Pela prestação dos serviços do Administrador, nos termos em Regulamento e em conformidade com a regulação vigente, o Fundo pagará ao Administrador uma remuneração equivalente a 1,00% (um por cento) ao ano calculado sobre o valor de mercado do Fundo, sendo o valor de mercado do Fundo calculado com base na média diária da cotação de fechamento das Cotas de emissão do Fundo no mês anterior ao do pagamento da Taxa de Administração pelo Fundo, e a remuneração a ser paga deverá corresponder a, no mínimo, R$ 15.000,00 (quinze mil reais) por mês, atualizado anualmente pela variação acumulada do IGP-M a partir de 1º de março de 2015. No pagamento da Taxa de Administração observar-se-á as seguintes regras: (i) O valor da Taxa de Administração será dividido entre o Administrador e o Gestor da seguinte forma: (a) o percentual de 0,2% (dois centésimos por cento) da Base de Cálculo da Taxa de Administração sendo no mínimo, R$ 15.000,00 (quinze mil reais) por mês, atualizado anualmente pela variação acumulada do IGP-M a partir de 1º de março de 2015 e ao Gestor, o percentual de 0,8% (oito centésimos por cento) da Base de Cálculo da Taxa de Administração. (ii) Os valores base mencionados acima serão atualizados anualmente, a partir da data de início das atividades do Fundo, pela variação positiva do IPCA/IBGE, ou por outro índice que vier a substituí-lo.
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
3.454.466,320,75%0,67%

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: Danilo Christófaro BarbieriIdade: 41
Profissão: Administrador de empresasCPF: 28729710847
E-mail: dbarbieri@brltrust.com.brFormação acadêmica: Administrador de empresas
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 01/04/2018
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Nome da EmpresaPeríodoCargo e funções inerentes ao cargoAtividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram
BRL TRUST DTVM S.ADesde 01/04/2016Sócio-DiretorAdministrador fiduciário
BANCO SANTANDER BRASIL S.Ade 1999 até 03/2016SuperindententeCountry Head da Santander Securities Services
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminal
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadas
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 38.825,003.375.787,0093,77%92,24%1,52%
Acima de 5% até 10% 1,00224.213,006,22%0,00%6,22%
Acima de 10% até 15%
Acima de 15% até 20%
Acima de 20% até 30%
Acima de 30% até 40%
Acima de 40% até 50%
Acima de 50%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
A divulgação de ato ou fato relevante pela Administradora é realizada nos termos da regulamentação aplicável e seu conteúdo é disponibilizado no sistema Fundos.Net, vinculado à CVM e à B3, bem como no site da Administradora http://www.brltrust.com.br
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
A negociação das cotas do Fundo é realizada exclusivamente por meio dos sistemas operacionalizados pela B3 - Brasil, Bolsa, Balcão S.A.
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
www.brltrust.com.br
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Daniela Assarito Bonifacio Borovicz – CPF: 320.334.648-65 - Diretora responsável pelo Departamento Jurídico.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
As regras e prazos para chamada de capital do Fundo, se houver, estarão previstas nos documentos relativos às ofertas de distribuição de cada emissão de cotas.

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII