Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: JT PREV FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO D. HABCNPJ do Fundo: 23.876.086/0001-16
Data de Funcionamento: 16/11/2016Público Alvo: Investidores em Geral
Código ISIN: BRJTPRCTF001Quantidade de cotas emitidas: 214.674,90
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: Desenvolvimento para VendaSegmento de Atuação: ResidencialTipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Determinado
Data do Prazo de Duração: 16/11/2021Encerramento do exercício social: 30/06
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: PLANNER CORRETORA DE VALORES SACNPJ do Administrador: 00.806.535/0001-54
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 3900, 10º andar- Itaim Bibi- São Paulo- SP- 04538-132Telefones: (11) 2172-26000800 179 444(11) 2172-2667
Site: www.planner.com.brE-mail: investfundos@planner.com.br
Competência: 06/2020

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: Ouro Preto Gestão de Recursos S.A11..91.6.8/49/0-00Av. Juscelino Kubitschek, 1.600, 5° andar, conj. 51, Vila Nova Conceição, CEP 04543-000 - São Paulo, SP(11) 3080-8177
1.2 Custodiante: PLANNER CORRETORA DE VALORES S.A. 00..80.6.5/35/0-00AV. BRIGADEIRO FARIA LIMA, 3900 - 10º ANDAR - São Paulo - CEP: 04538-132 ITAIM BIBI(11) 2171-2600
1.3 Auditor Independente: UHY BENDORAYTES & CIA AUDITORES INDEPENDENTES42..17.0.8/52/0-00AV. JOAO CABRAL DE MELLO NETO, 850, BLOCO 3 SALA 1301 A 1305 EDIF CORPORATIVO CEO BARRA DA TIJUCA CEP: 22775-057 - RIO DE JANEIRO - RJ(21) 3030-4662
1.4 Formador de Mercado: ../-
1.5 Distribuidor de cotas: ../-
1.6 Consultor Especializado: PK Consultoria, Participação e Serviços S.A.02..70.4.0/74/0-00A. Paulista, 453 - 15 andar, parte. 01311-907 São Paulo - SP(11) 4680 - 6873
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: ../-
1.8 Outros prestadores de serviços¹:
Não possui informação apresentada.

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Relação dos Ativos adquiridos no períodoObjetivosMontantes InvestidosOrigem dos recursos
Fundo Itau SoberanoGestão de Liquidez do Fundo79.848,85Fluxo de Caixa
JCF Invest e Part LT - ONParticipação26.546.449,99Fluxo de Caixa

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

O encerramento do primeiro ciclo de investimentos do FII JT Prev foi bastante retardado pelas condições de mercado, tendo sido comprometidos também os resultados das SCPs, já que as vendas muito mais demoradas que as projeções iniciais forçaram a manutenção dos investimentos em aberto, com custos adicionais que não haviam sido planejados. Além do terceiro projeto do segundo ciclo em Caucaia, que somou quatro no mesmo município, novos projetos não serão realizados em virtude do prazo de encerramento do Fundo, limitado a novembro de 2021. Importante também ressaltar que parte dos resultados dos novos investimentos, que caberiam à JCF Engenharia por força do modelo de investimentos, será realocada para complementar os resultados do Fundo, até o limite do que os projetos investidos no primeiro ciclo não conseguiram gerar de resultados, relativamente aos mínimos esperados. O efeito sobre o Fundo, que ficou sujeito a receber distribuições de rendimentos menores que os mínimos projetados, provavelmente na maior parte dos investimentos do primeiro ciclo, está sendo a redução significativa da rentabilidade por pelo menos seis trimestres, passando a ser gerada compensação com maiores retornos a partir do último trimestre de 2020.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
No exercicio encerrado em 30 de junho de 2020, o Fundo apresentou um Resultado Operacional de R$ 22 mil, e um Lucro Líquido de R$ 537 mil. No exercício houve uma distribuíção de rendimento aos cotistas de R$ 263.
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
O surto pandêmico do Corona vírus surpreendeu o mundo neste início de 2020. Além de desconhecido, inclusive no ambiente científico, o crescimento acelerado da contaminação produziu reações defensivas em cadeia, muitas vezes exageradas, enquanto os médicos buscam entender a doença e decifrar os seus diagnósticos, testando remédios e tratamentos, enquanto as pesquisas para desenvolver uma vacina eficaz continuam em andamento. Em termos econômicos todos os países foram subjugados pelo vírus, obrigando os governantes a injetar vultosas somas de recursos públicos nas suas economias para garantir ao menos a subsistência de milhares de pessoas que perderam os seus empregos e/ou foram impedidos de exercer as suas atividades empresariais. Esses enormes rombos nas contas públicas certamente deixarão uma herança bastante pesada para as próximas gerações. O primeiro semestre do ano então se encerrou em meio a completa incerteza quanto ao futuro desse devastador cenário. Pouco a pouco, no entanto, as atividades começaram a ser retomadas, embora parcialmente, já que continua bastante precário o conhecimento científico a respeito da doença e dos seus remédios. De outro lado, a imensa capacidade de adaptação da humanidade mais uma vez dá mostras de renovado vigor. Apesar de todas as dificuldades e entraves impostos pela circulação do vírus e a sua letalidade, as atividades econômicas estão sendo retomadas e em alguns setores com tanta vitalidade quanto antes do fenômeno. Dentre esses, o segmento imobiliário começa a se destacar. As vendas já estão ocorrendo em volumes crescentes, devendo logo alcançar e até superar as quantidades pré crise. Também os lançamentos de novos projetos estão ocorrendo em escala crescente, como se não tivesse ocorrido a paralisação total do setor por pelo menos um trimestre. Se restam indefinidos os movimentos e tendências do segmento de imóveis comerciais, no residencial possivelmente assistiremos o retorno à normalidade histórica ainda dentro deste ano. Para os investimentos do Fundo a principal preocupação é a comercialização das unidades prontas, cuja velocidade real de vendas tem sido bastante inferior às projeções originais. As principais razões para isso, além das dificuldades operacionais para materialização dos financiamentos com a CEF, com frequentes mudanças de regras, são o baixo padrão de renda e capacidade de poupança da população local. Esse comportamento frustrou o planejamento inicial de girar até quatro vezes os investimentos do Fundo ao longo do seu prazo de existência. Certamente caberão apenas um ciclo e meio de investimentos no período de existência do Fundo.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
Para todo o ano de 2.020 está prevista a continuidade das providências relacionadas à comercialização dos estoques remanescentes dos investimentos do primeiro ciclo, que já deveria ter sido encerrado, mas as dificuldades de mercado provocaram o adiamento por até 24 meses o seu encerramento. O período irá contemplar apenas as liberações restantes para o investimento em Caucaia IV, até porque não há mais tempo, tecnicamente, para iniciar o desenvolvimento de novos empreendimentos desde o início, já que o prazo remanescente para as operações do Fundo é de apenas 16 meses. Estão sendo implementadas também medidas preventivas em relação a riscos, redução de custos e geração de maior velocidade de vendas, apesar da situação atípica de mercado representada pelo isolamento social por quase cinco meses – março a julho – em decorrência da pandemia do Corona Vírus.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
Não possui informação apresentada.
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
Não possui informação apresentada.
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 3.900 - 10º andar - Itaim Bibi - CEP 04538-132 - São Paulo - SP
Site Fundos Net: fnet.bmfbovespa.com.br/fnet/login - Site administradora: www.planner.com.br
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
Item (i) são utilizados como meios de comunicação aos cotistas:(a) FundosNet; (b) site da Administradora; (iii) escrita; e (iv) e-mail Item (ii) o endereço físico e eletrônico são disponibilizados no Edital de Convocação
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
Item (i) são solicitados os documentos societários do cotista, no momento da coleta de assinaturas na Lista de presença; Item (ii) a Consulta Formal é elaborada nos termos do Regulamento do Fundo e enviada a todos os cotistas, juntamente com a carta resposta; Item (iii) as manifestações dos cotistas, deverão ocorrer na forma prevista no comunicado até o horário estabelecido.
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
Ao enviarmos a comunicação ao cotista sobre a realização da Assembleia, é disponibilizado o canal eletrônico para retorno da sua manifestação nos termos do Regulamento do Fundo, e quando a o envio desta pelo cotista, procedemos com a apuração do quorum no momento do encerramento do prazo para manifestação.

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
TAXA DE ADMINISTRAÇÃO DO FUNDO Art. 23 - Observado o Parágrafo 1° deste Art. 23, pela prestação dos serviços de administração o Fundo pagará um percentual sobre o seu Patrimônio Líquido ("PL"), correspondente a 2,5% a.a. para o PL de até R$ 50 milhões; 2,20% a.a. para a parcela do PL que exceder a R$ 50 milhões até R$ 100 milhões e 2,00% a.a. para o valor do PL que exceder a R$ 100 milhões até R$ 150 milhões e 1,8% a.a sobre o valor do PL que exceder a R$ 150 milhões. Parágrafo 1° - Será observado o valor mínimo mensal de R$ 30.000,00 (trinta mil reais), corrigido anualmente pela variação positiva do Índice Geral de Preços do Mercado, calculado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas, ou por outro índice que vier a substituí-lo. Parágrafo 2° - A taxa de administração será calculada à base de 1/252 (um duzentos e cinquenta e dois avos) sobre o valor descrito nas alíneas I e II deste artigo 23, e será paga diretamente pelo Fundo à Administradora e demais prestadores de serviços para o Fundo, conforme o parágrafo 4° abaixo, até o 5° (quinto) dia útil do mês subsequente. Parágrafo 3° - A Administradora, conforme o caso terá o direito de receber a taxa de administração descrita neste Art. 23 durante todo o periodo em que exercer suas funções no Fundo, desde a data de início de suas atividades até a data do encerramento de suas atividades no Fundo. Parágrafo 4° - A taxa de administração será dividida entre a Administradora, o Custo diante, a Gestora e a Consultora de Investimentos Imobiliários nos termos dos respectivos contratos de prestação de serviços. Cada um desses prestadores de serviços receberá diretamente do Fundo. Parágrafo 5° - Não será cobrada taxa de performance.
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
NaNNaNNaN

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: Artur Martins de FigueiredoIdade: 53
Profissão: Administrador de EmpresasCPF: 073.813.338-80
E-mail: afigueiredo@planner.com.brFormação acadêmica: PUC
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 07/06/1999
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Nome da EmpresaPeríodoCargo e funções inerentes ao cargoAtividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram
Banco Bandeirantes de Investimentos S/A1986/1999Analista de Investimento Realizava acompanhamento de empresas de capital aberto, bem como o mercado financeiro de um modo geral, objetivando a elaboração de relatórios diários para definição de estratégias na administração de recursos de terceiros.
Planner Corretora de Valores S/A1999/2000GerenteCoordenação da Área de Agente Fiduciário, realizando entre outras atividades, o acompanhamento diário dos preços unitários das debêntures, controle dos “covenants” financeiros constantes da escritura de emissão, bem como avaliação das providências a serem adotadas nas emissões que encontram-se inadimplentes.
Banco Bradesco S/A2000/2001Gerente de UnderwritingRealização de prospecção de operações, nas quais as empresas utilizam o mercado de capitais como fonte de recursos para suportar investimentos e/ou alongamento de outros financiamentos / empréstimos. O trabalho consistia na prospecção propriamente dita, ou seja, visitas / reuniões com os potenciais emissores, bem como o acompanhamento do processo de registro da operação junto à CVM – Comissão de Valores Mobiliário e do procedimento de venda dos títulos ao mercado (basicamente investidores institucionais).
Grupo Planner 2001/ AtualDiretor / ConselheiroResponsável pela administração fiduciária de Fundos de Investimento
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminalNão
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadasNão
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 1,002.500,001,16%0,00%0,00%
Acima de 5% até 10% 2,0040.000,0018,63%0,00%0,00%
Acima de 10% até 15% 2,0053.500,0024,92%0,00%0,00%
Acima de 15% até 20% 2,0070.000,0032,61%0,00%0,00%
Acima de 20% até 30% 1,0048.674,9022,67%0,00%0,00%
Acima de 30% até 40%
Acima de 40% até 50%
Acima de 50%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
Não possui informação apresentada.
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Não possui informação apresentada.
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Não possui informação apresentada.
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Não possui informação apresentada.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
Não possui informação apresentada.

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII