Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: GGR COVEPI RENDA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIOCNPJ do Fundo: 26.614.291/0001-00
Data de Funcionamento: 11/01/2017Público Alvo: Investidores em Geral
Código ISIN: BRGGRCCTF002Quantidade de cotas emitidas: 6.503.028,00
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: Desenvolvimento para RendaSegmento de Atuação: LogísticaTipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Indeterminado
Data do Prazo de Duração: Encerramento do exercício social: 30/06
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: CM CAPITAL MARKETS DTVM LTDACNPJ do Administrador: 02.671.743/0001-19
Endereço: Rua Gomes de Carvalho, 1195, 4º ANDAR- Vila Olímpia- SÃO PAULO- SP- 04547-004Telefones: (11) 3842-1122(11) 3044-3547
Site: www.cmcapitalmarkets.com.brE-mail: fundos@cmcapitalmarkets.com.br
Competência: 06/2020

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: Supernova Capital Gestão de Recursos Ltda.10.790.817/0001-64Rua Joaquim Floriano, 466 - 5º andar(11) 4369-6106
1.2 Custodiante: Planner Corretora de Valores S/A00.806.535/0001-54Av. Brig. Faria Lima, 3900 - 10º andar
1.3 Auditor Independente: KPMG Auditores Independentes57.755.217/0001-29Rua Arquiteto Olavo Redig de Campos, 105 - 6º Andar Torre A(11) 3736-1000
1.4 Formador de Mercado: Não Há../-
1.5 Distribuidor de cotas: Diversos../-
1.6 Consultor Especializado: Não há../-
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: Não há../-

1.8

Outros prestadores de serviços¹:

CNPJ

Endereço

Telefone

VÓRTX DTVM22.061.500/0001-88Av. Brig. Faria Lima, 2277 - 2º andar
CM Capital Markets DTVM Ltda02.671.743/0001-19Rua Gomes de Carvalho, 1195 - 4º andar(11) 3842-1122

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Relação dos Ativos adquiridos no períodoObjetivosMontantes InvestidosOrigem dos recursos
LTNGestão da Liquidez do Fundo92.158.536,20Fluxo de Caixa
IMÓVEL INDUSTRIAL MOINHO IGUAÇU - SÃO MIGUELAluguel19.013.000,00Fluxo de Caixa
IMÓVEL LOGÍSTICO AMBEVAluguel31.970.000,00Fluxo de Caixa
IMÓVEL INDUSTRIAL MOINHO IGUAÇU - CASCAVELAluguel12.630.000,00Fluxo de Caixa
AETHRA - IMÓVELAluguel82.814.000,00Fluxo de Caixa
IMÓVEL LOGÍSTICO NISSEIAluguel27.697.000,00Fluxo de Caixa
IMÓVEL INDUSTRIAL AMBEV PELOTASAluguel36.680.000,00Fluxo de Caixa
CAMARGO COMPANHIA DE EMBALAGENSAluguel29.082.000,00Fluxo de Caixa
CEPALGO EMBALAGENS FLEXIVEISAluguel24.272.000,00Fluxo de Caixa
COPOBRASAluguel39.650.000,00Fluxo de Caixa
COPOBRAS IIAluguel44.740.000,00Fluxo de Caixa
HERINGAluguel56.291.000,00Fluxo de Caixa
JEFER PRODUTOS SIDERURGICOSAluguel48.160.000,00Fluxo de Caixa
TODIMO MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃOAluguel38.490.000,00Fluxo de Caixa
SANTA CRUZ - ANAPOLIS/GOAluguel20.450.000,00Fluxo de Caixa
COVOLAN - GALPÃO COMERC RUA DOS PORTUGUESESAluguel74.637.000,00Fluxo de Caixa
IGUARASSUAluguel76.590.000,00Fluxo de Caixa
SUZANO PAPEL E CELULOSEAluguel57.090.000,00Fluxo de Caixa
SANTANDER FICFI SOBERANO RFGestão da Liquidez do Fundo1.502.410,00Fluxo de Caixa

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

Não possui informação apresentada.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
Durante o exercício encerrado em 30 de junho de 2020, o fundo distribuiu o valor de R$ 8,59 por cota, uma distribuição total de R$ 55.861 mil aos seus cotistas.
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
No fechamento de 2019 tivemos uma alta performance na categoria de fundos imobiliários, precificado pela valorização de 35,98% do IFIX no ano. Essa alta performance pode ser elucidada pela migração dos investidores para renda variável, reflexo da baixas remunerações percentuais que a renda fixa estava oferecendo e das projeções de queda na curva de juros. Durante o início do primeiro semestre de 2020 podemos citar a má performance dos fundos imobiliários, em decorrência da maior volatilidade do mercado em função da crescente do coronavírus (COVID-19), e o volume de “follow-on” das cotas dos fundos imobiliários já listados na B3. O mês de março de 2020 foi um dos piores meses da história econômica mundial em decorrência da forte aceleração do coronavírus (COVID-19). O cenário econômico mundial negativo atingiu diversos setores correlatos com os investimentos da gestão. Dado isso, a equipe passou a realizar, de modo constante, reavaliações no pipeline de aquisições, sendo levado em consideração, sobre a ótica da crise econômica, a exposição do setor de atuação conjuntamente com ao prêmio de risco e valor de imóvel. Já no encerramento do semestre, o grande número estímulos monetários e fiscais na economia mundial corroborou para a expectativa de retomada em “V”. Pontos positivos a serem destacados são a melhora das atividades na maioria dos setores em que o fundo possui operações, melhora na liquidez e reabertura da atividade econômica, mesmo que lenta. É válido citar que a volta das operações de unidades fabris e aumento na demanda corroboram para um cenário positivo para os setores de logística e industrial. Contudo, apesar da estabilidade que o mercado começou a ganhar no mês de junho de 2020, no Brasil, o início do processo de reabertura da economia marcado pela baixa velocidade corrobora para um possível atraso de projeções otimistas em relação ao mercado.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
Não há expectativa de vacância nos imóveis pertencentes ao fundo, devendo os aluguéis recebidos se manter na mesma proporção. Os fluxos de caixa então não devem apresentar variação significativa.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
IMÓVEL INDUSTRIAL MOINHO IGUAÇU - SÃO MIGUEL19.013.000,00SIM-6,48%
IMÓVEL LOGÍSTICO AMBEV31.970.000,00SIM7,31%
IMÓVEL INDUSTRIAL MOINHO IGUAÇU - CASCAVEL12.630.000,00SIM-11,70%
AETHRA - IMÓVEL82.814.000,00SIM7,27%
IMÓVEL LOGÍSTICO NISSEI27.697.000,00SIM-9,78%
IMÓVEL INDUSTRIAL AMBEV PELOTAS36.680.000,00SIM6,58%
CAMARGO COMPANHIA DE EMBALAGENS29.082.000,00SIM-18,73%
CEPALGO EMBALAGENS FLEXIVEIS24.272.000,00SIM9,63%
COPOBRAS39.650.000,00SIM16,55%
COPOBRAS II44.740.000,00SIM22,47%
HERING56.291.000,00SIM8,44%
JEFER PRODUTOS SIDERURGICOS48.160.000,00SIM12,29%
TODIMO MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO38.490.000,00SIM19,87%
SANTA CRUZ - ANAPOLIS/GO20.450.000,00SIM11,20%
COVOLAN - GALPÃO COMERC RUA DOS PORTUGUESES74.637.000,00SIM-0,56%
IGUARASSU76.590.000,00SIM0,00%
SUZANO PAPEL E CELULOSE57.090.000,00SIM0,00%
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
A avaliação dos imóveis é feita por empresas especializadas e segue a Instrução CVM 472. As metodologias utilizadas para avaliação de ativos incluem o Método da Renda, com apoio e aferição através dos Métodos Evolutivo (Custo) e Comparativo. Tendo em vista a finalidade da avaliação, a natureza dos imóveis, sua situação geo-sócio-econômica e a disponibilidade de dados e evidêncas de mercado seguras, foi utilizado o "Método da Renda" na sua variante de Valor Econômico por Fluxo de Caixa Descontado, para a definição dos valores referenciais e indicadores. Entre os critérios utilizados vale destacar: análise operacional do empreendimento, análise de séries históricas do empreendimento, análise setorial e diagnóstico de mercado, taxas de descontos, análise de sensibilidade e análise de risco.
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Nº do ProcessoJuízoInstânciaData da InstauraçãoValor da causa (R$)Partes no processoChance de perda (provável, possível ou remota)
0006204-36.2020.8.16.0035 2ª Vara Cível da Comarca de São José dos Pinhais - PR 1ª Instância14/04/202050.000,00Autor: Aethra Sistemas Automotivos S/A. Réu: GGR Covepi Renda Fundo de Investimento Imobiliário possível
Principais fatos
A ação tem como objeto o Contrato de Locação na modalidade Sale & Leaseback (“Contrato”), firmado entre Aethra Sistemas Automotivos S/A e GGR Covepi Renda Fundo de Investimento Imobiliário, em 08.11.2018; Em razão da pandemia de coronavírus, a Autora afirma que sofreu queda de faturamento e requer a concessão de tutela antecipada para (i) suspender o pagamento dos aluguéis dos meses de março, abril, maio e junho de 2020; (ii) a devolução diferida dos valores ao longo de 2021; (iii) não incidência das penalidades contratuais da mora; (iv) condenação da Ré em custas processuais e honorários advocatícios de sucumbência. O juiz de primeiro grau indeferiu a tutela antecipada, e na sequência, foi apresentada contestação pelo GGR Covepi suscitando a ausência de comprovação da afetação do faturamento da Aethra, a boa-fé do Fundo, e a ausência de previsão legal na revisão judicial de contratos em relações equilibradas.
Análise do impacto em caso de perda do processo
não cobrança de penalidades contratuais pelo atraso no pagamento dos aluguéis de março, abril, maio e junho de 2020; diluição do pagamento destes aluguéis, sem penalidades contratuais ou acréscimos, ao longo do ano de 2021
Nº do ProcessoJuízoInstânciaData da InstauraçãoValor da causa (R$)Partes no processoChance de perda (provável, possível ou remota)
0021907-15.2020.8.16.0000 17ª Câmara de Direito Privado do TJPR2ª Instância05/05/202050.000,00Agravante: Aethra Sistemas Automotivos S/A. Agravado: GGR Covepi Renda Fundo de Investimento Imobiliário possível
Principais fatos
Deferida monocraticamente a tutela antecipada para (i) suspender a exigência dos aluguéis relativos aos meses de março, abril, maio e junho de 2020, sem a incidência de qualquer penalidade decorrente do inadimplemento, e; (ii) deferir o pagamento dos aluguéis de forma diluída durante o ano de 2021
Análise do impacto em caso de perda do processo
não cobrança de penalidades contratuais pelo atraso no pagamento dos aluguéis de março, abril, maio e junho de 2020; diluição do pagamento destes aluguéis, sem penalidades contratuais ou acréscimos, ao longo do ano de 2021
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Rua Gomes de Carvalho, 1195
Site Fundos Net: fnet.bmfbovespa.com.br/fnet/login - Site administradora: www.cmcapitalmarkets.com.br
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
Item (i) são utilizados como meios de comunicação aos cotistas:(a) FundosNet; (b) site da Administradora; Item (ii) o endereço físico e eletrônico são disponibilizados no Edital de Convocação;
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
Item (i) são solicitados os documentos societários do cotista, no momento da coleta de assinaturas na Lista de presença; Item (ii) a Consulta Formal é elaborada nos termos do Regulamento do Fundo e enviada a todos os cotistas, juntamente com a carta resposta; Item (iii) as manifestações dos cotistas, deverão ocorrer na forma prevista no comunicado até o horário estabelecido;
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
Ao enviarmos a comunicação ao cotista sobre a realização da Assembleia, é disponibilizado o canal eletrônico para retorno da sua manifestação nos termos do Regulamento do Fundo, e quando a o envio desta pelo cotista, procedemos com a apuração do quorum no momento do encerramento do prazo para manifestação.

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
Pela prestação dos servições de administração e gestão do Fundo, a Administradora receberá do Fundo a remuneração equivalente ao maior entre (a) o valor mensal calculado conforme a fórmula abaixo , ou (b) (i) nos 3 (três) primeiros meses a contar da Primeira Data de Integralização das Cotas, R$ 10.000,00 (dez mil reais), (ii) do 4º (quarto) ao 6º (sexto) mês contados da Primeira Data da Integralização das Cotas, R$ 12.500,00 (doze mil e quinhentos reais), e (iii) a partir do 6º (sexto) mês contado da data da Primeira Data de Integralização das Cotas, R$ 17.000,00 (dezessete mil reais) ("Taxa de Administração"). TA = (((1 + Tx) ^ (1/252) - 1) x VA onde: TA = Taxa de Administração variárvel, calculada todo dia útil; TX = 1,10% ao ano e VA = (i) o valor de mercado do Fundo, calculado com base na media diaria da cotacao de Fechamento das cotas de emissao do Fundo no mes anterior ao do pagamento da remuneracao, caso referidas Cotas tenham integrado ou passado a integrar, nesse periodo, indice de mercado, conforme definido na regulamentacao aplicavel aos fundos de investimento em indices de mercado, cuja metodologia preveja criterios de inclusao que considerem a liquidez das Cotas e criterios de ponderacao que considerem o volume financeiro das Cotas emitidas pelo Fundo, como, por exemplo, o Indice de Fundos de Investimento Imobiliario divulgado pela BM&F Bovespa (IFIX); ou o valor contábil do Patrimônio Líquido do Fundo no último dia anterior, nos demais casos.
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
NaNNaNNaN

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: Pedro Carlos Batista JourdanIdade: 35
Profissão: AdvogadoCPF: 4293856765
E-mail: fundos@cmcapitalmarkets.com.brFormação acadêmica: Superior
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 31/10/2019
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Nome da EmpresaPeríodoCargo e funções inerentes ao cargoAtividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram
CM Capital Markets3 anosDiretorAdministração de Fundos
Oliveira Trust 4 AnosGerente Administração de Fundos
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminalNão há
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadasNão há
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 76.864,006.503.028,00100,00%94,68%5,32%
Acima de 5% até 10%
Acima de 10% até 15%
Acima de 15% até 20%
Acima de 20% até 30%
Acima de 30% até 40%
Acima de 40% até 50%
Acima de 50%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
Não possui informação apresentada.
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
B3
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
VIDE PROSPECTO ENVIADO
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Não possui informação apresentada.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
VIDE PROSPECTO ENVIADO

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII