Imprimir

Informe Anual

Nome do Fundo: FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO ÁTRIO REIT RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOSCNPJ do Fundo: 32.006.821/0001-21
Data de Funcionamento: 31/10/2019Público Alvo: Investidores em Geral
Código ISIN: BRARRICTF009Quantidade de cotas emitidas: 12.228.577,00
Fundo Exclusivo? NãoCotistas possuem vínculo familiar ou societário familiar? Não
Classificação autorregulação: Mandato: Títulos e Valores MobiliáriosSegmento de Atuação: Títulos e Val. Mob.Tipo de Gestão: AtivaPrazo de Duração: Indeterminado
Data do Prazo de Duração: Encerramento do exercício social: 31/12
Mercado de negociação das cotas: Bolsa Entidade administradora de mercado organizado: BM&FBOVESPA
Nome do Administrador: OLIVEIRA TRUST DTVM S.A.CNPJ do Administrador: 36.113.876/0001-91
Endereço: Av. das Américas, 3434, Bloco 7- Barra da Tijuca- Rio de Janeiro- RJ- 22640102Telefones: (21) 3514-0000
Site: www.oliveiratrust.com.brE-mail: ger2.fundos@oliveiratrust.com.br'
Competência: 12/2022

1.

Prestadores de serviços

CNPJ

Endereço

Telefone

1.1 Gestor: Open Capital Gestão de Ativos LTDA.43.231.396/0001-90Rua Casa do Ator 1117, 13º andar, cj 133-A(11) 2359 6456
1.2 Custodiante: Oliveira Trust DTVM S.A.36.113.876/0001-91Av. das Américas, 3434, bl. 7, Rio de Janeiro, RJ(21) 3514-0000
1.3 Auditor Independente: BDO RCS AUDITORES ASSOCIADOS LTDA61.065.819/0001-21RUA MAJOR QUEDINHO, 90, ANDAR 4, SALA 8(11) 3848-5880
1.4 Formador de Mercado: ../-
1.5 Distribuidor de cotas: ../-
1.6 Consultor Especializado: Reit Consultoria de Investimentos Ltda.08.604.239/0001-73Rua Visconde de Pirajá, 152, sala 301 Ipanema - Rio de Janeiro(21) 2460-0200
1.7 Empresa Especializada para administrar as locações: ../-
1.8 Outros prestadores de serviços¹:
Não possui informação apresentada.

2.

Investimentos FII

2.1 Descrição dos negócios realizados no período
Relação dos Ativos adquiridos no períodoObjetivosMontantes InvestidosOrigem dos recursos
20F0718010Alocação em ativos-alvo3.507.582,673ª Emissão
20F0718722Alocação em ativos-alvo3.738.575,973ª Emissão
22E1284967Alocação em ativos-alvo2.900.000,003ª Emissão
22G1000969Alocação em ativos-alvo3.004.667,893ª Emissão
22D0891481Alocação em ativos-alvo11.695.452,073ª Emissão

3.

Programa de investimentos para os exercícios seguintes, incluindo, se necessário, as informações descritas no item 1.1 com relação aos investimentos ainda não realizados:

Estamos seguindo com nosso objetivo de fazer novas emissões de cotas no ano de 2023, mantendo o mesmo critério de avaliação risco/retorno para aquisição de operações em seguimentos corporativo, loteamentos, multipropriedade e incorporação.

4.

Análise do administrador sobre:

4.1 Resultado do fundo no exercício findo
O resultado contábil do Fundo no exercício foi de R$11.658.000,00
4.2 Conjuntura econômica do segmento do mercado imobiliário de atuação relativo ao período findo
O ano de 2022 foi finalizado com forte correção das expectativas, com a inflação acelerando fortemente, o Dólar subindo e Ibovespa caindo; o I-FIX mostrou resiliência, recuperando-se em dezembro, mas não o suficiente para zerar as perdas anuais. Os FIIs de tijolo, seguiram ainda prejudicando o I-FIX, já os FIIs de CRIs se recuperaram. Entendemos a correção como reflexo as condições adversas que surgiram no campo fiscal, com a necessidade de ações de amparo social que causaram ajustes no teto de gastos, provocando desconfiança nos investidores quanto a viabilidade fiscal do Brasil, porém, no final do dia as contas públicas suportaram os ajustes e o nível de descontrole ainda não foi atingido. Esperamos que as ações do governo federal sejam mais equilibradas e ajudem o esforço do BACEN a retomar o controle da inflação, com isso será possível retornarmos o processo de ajustes e reformas, mesmo às vésperas de eleições. No cenário externo, seguimos com as principais economias reagindo bem aos índices de inflação, que também subiram, com as taxas de juros já sinalizando altas. Entretanto, vislumbramos o cenário de controle de contas e índices de confiança e emprego em franca recuperação.
4.3 Perspectiva para o período seguinte com base na composição da carteira
Iniciamos o ano de 2023 com queda no IFIX, alta de juros refletida na queda do IMA-B 5+ enquanto o IBOVESPA apresentou performance positiva e o Dólar desvalorizou frente ao Real, boa parte desta variação desigual, relaciona-se com o desempenho dos ativos internacionais, onde as bolsas tiveram forte alta (EUA) com melhora das perspectivas econômicas, e recuperação da economia chinesa, que puxa o preço de commodities, fato que favorece as empresas exportadoras brasileiras, aliado a isso, temos uma expectativa de suavização da alta da taxa de juros americana, que pode estar perto do fim do ciclo de alta. No cenário local de juros, vemos o mercado ainda reticente sobre as novas diretrizes da equipe econômica, que está desalinhada com o programa de metas de inflação perseguido pelo BACEN, gerando mau humor e aumentando spread de risco das operações com títulos públicos, e por conseguinte aumentando o spread de risco sobre títulos privados, entendemos que este seja um movimento que já está precificado nas taxas atuais e prevemos uma estabilidade nas cotações nos próximos meses, mas não prevemos o início do movimento de queda da taxa básica de juros – SELIC – antes do final deste ano, muito em função de ajustes que terão ser feitos em pontos sensíveis de subsídios que foram feitos em 2022 e que terão que ser rediscutidos ainda neste primeiro trimestre, por exemplo, a desoneração tributária dos combustíveis. Seguimos otimistas com setor de recebíveis de crédito imobiliário, pois já percebemos que o espaço para securitização de operações deverá crescer, uma vez que os bancos estão mais seletivos e com menos caixa para financiar o setor, abrindo espaço para os FIIs de recebíveis. Como dissemos no relatório anterior, estamos mantendo nossas previsões de IPCA entre 5,50% e 6,50% para 2023, com a taxa Selic mantendo-se em 13,75% e crescimento do PIB 1,50% a 2,00%, com estas bases esperamos manter um dividendo ao redor de 14% durante o ano.

5.

Riscos incorridos pelos cotistas inerentes aos investimentos do FII:

Ver anexo no final do documento. Anexos
6. Valor Contábil dos ativos imobiliários do FIIValor Justo, nos termos da ICVM 516 (SIM ou NÃO)Percentual de Valorização/Desvalorização apurado no período
Relação de ativos imobiliáriosValor (R$)
17K0150400972.559,48SIM-2,49%
18I02953551.579.418,91SIM-1,88%
19B0177968939.469,58SIM-0,61%
19K09816793.345.171,62SIM-1,19%
20D08095621.829.338,99SIM0,92%
20E09461122.023.379,52SIM-60,00%
20F07180103.560.221,61SIM0,00%
20F07187223.791.781,26SIM0,07%
20G07031911.147.379,25SIM-1,61%
20H07969272.467.466,80SIM-1,84%
20I08516934.608.599,92SIM-2,49%
20J07206544.618.212,35SIM0,35%
21F09688885.679.317,28SIM0,83%
21G07077414.502.329,02SIM-1,57%
21I07766128.807.260,33SIM-0,83%
21K01466219.681.171,15SIM-2,24%
21K087029110.823.799,96SIM-1,58%
21L08484118.716.636,03SIM-2,66%
22D089148110.814.699,85SIM-2,21%
22E12849676.714.693,46SIM-1,06%
22G10009692.968.997,94SIM0,01%
6.1 Critérios utilizados na referida avaliação
O critério de avaliação utilizado foi a comparação entre os valores dos títulos na curva e na marcação a mercado e provisões de perda (ativo 20E0946112).
7.Relação de processos judiciais, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
8.Relação de processos judiciais, repetitivos ou conexos, baseados em causas jurídicas semelhantes, não sigilosos e relevantes
Não possui informação apresentada.
9.Análise dos impactos em caso de perda e valores envolvidos relacionados aos processos judiciais sigilosos relevantes:
Não possui informação apresentada.

10.

Assembleia Geral

10.1 Endereços (físico ou eletrônico) nos quais os documentos relativos à assembleia geral estarão à disposição dos cotistas para análise:
Avenida das Américas, 3434, bloco 7, sala 201, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ
ger2.fundos@oliveiratrust.com.br
10.2 Indicação dos meios de comunicação disponibilizados aos cotistas para (i) a inclusão de matérias na ordem do dia de assembleias gerais e o envio de documentos pertinentes às deliberações propostas; (ii) solicitação de lista de endereços físicos e eletrônicos dos demais cotistas para envio de pedido público de procuração.
As solicitações dos itens (i) e (ii) podem ser direcionadas diretamente para e-mail da equipe de Administração, qual seja, ger2.fundos@oliveiratrust.com.br ou ainda pelo "Fale Conosco" disponível no portal do administrador pelo link a seguir: http://www.oliveiratrust.com.br/portal/?item1=Atendimento&item2=Fale_Conosco
10.3 Descrição das regras e procedimentos aplicáveis à participação dos cotistas em assembleias gerais, incluindo (i) formalidades exigidas para a comprovação da qualidade de cotista e representação de cotistas em assembleia; (ii) procedimentos para a realização de consultas formais, se admitidas em regulamento; (iii) regras e procedimentos para a participação à distância e envio de comunicação escrita ou eletrônica de voto.
Somente poderão votar na assembléia geral os cotistas inscritos no registro de cotistas na data da convocação da assembléia, seus representantes legais ou procuradores legalmente constituídos há menos de 1 (um) ano. As deliberações da Assembleia Geral de Cotistas do Fundo poderão ser tomadas mediante processo de consulta formalizada em carta, telex, telegrama, correio eletrônico (e-mail) ou fac-símile, ambos com confirmação de recebimento, a ser dirigido pelo Administrador a cada Cotista para resposta no prazo máximo de 30 (trinta) dias corridos, observadas as formalidades previstas na legislação vigente. A Taxa de Administração será apurada diariamente e paga mensalmente, no último dia útil de cada mês, vencendo-se a primeira mensalidade no último dia útil do mês em que a ADMINISTRADORA assumir a prestação dos serviços de administração e gestão e as demais mensalidades no último dia útil dos meses subsequentes.
10.3 Práticas para a realização de assembleia por meio eletrônico.
O Regulamento do Fundo não prevê a possibilidade de realização de assembleia por meio eletrônico.

11.

Remuneração do Administrador

11.1Política de remuneração definida em regulamento:
A remuneração do ADMINISTRADOR, em virtude da prestação dos serviços de administração do Fundo corresponderá ao montante equivalente a: (a) 0,14% (quatorze centésimos por cento) ao ano, incidentes sobre o Patrimônio Líquido do Fundo, pagáveis mensalmente à razão de 1/12 (um doze avos), apurado sobre o Patrimônio Líquido no último dia útil de cada mês, devida inicialmente no último dia útil do mês em que ocorrer a primeira integralização de cotas do Fundo e as demais no último dia útil dos meses subsequentes, observando o valor mínimo mensal de R$ 12.000,00 (doze mil reais), atualizado anualmente segundo a variação do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), apurado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas - FGV; (b) a 0,50% a.a. (cinquenta centésimos por cento) ao ano, correspondente aos serviços de gestão dos ativos integrantes da carteira do Fundo, a ser pago à Gestora, observado o valor mínimo mensal de R$ 16.000,00 (dezesseis mil reais), atualizado anualmente segundo a variação do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), apurado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas - FGV; (c) a R$ 1,40 (um real e quarenta centavos) por cotista, observado o valor mínimo mensal de R$ 2.750,00 (dois mil setecentos e cinquenta reais), atualizado anualmente segundo a variação do IGP-M (Índice Geral de Preços de Mercado), apurado e divulgado pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, correspondente aos serviços de escrituração das cotas do FUNDO, observado o valor máximo equivalente a até 0,30% (trinta centésimos por cento) ao ano à razão de 1/12 avos, incidentes sobre o Patrimônio Líquido do Fundo.
Valor pago no ano de referência (R$):% sobre o patrimônio contábil:% sobre o patrimônio a valor de mercado:
196.000,000,18%0,17%

12.

Governança

12.1Representante(s) de cotistas
Não possui informação apresentada.
12.2Diretor Responsável pelo FII
Nome: José Alexandre Costa de FreitasIdade: 48
Profissão: Diretor PresidenteCPF: 008.991.207-17
E-mail: alexandre.freitas@oliveiratrust.com.brFormação acadêmica: Direito
Quantidade de cotas detidas do FII: 0,00Quantidade de cotas do FII compradas no período: 0,00
Quantidade de cotas do FII vendidas no período: 0,00Data de início na função: 12/12/2012
Principais experiências profissionais durante os últimos 5 anos
Nome da EmpresaPeríodoCargo e funções inerentes ao cargoAtividade principal da empresa na qual tais experiências ocorreram
Oliveira TrustMarço/1992 - Data AtualDiretor PresidenteDistribuidora de Títulos e Valores Mobiliários
Descrição de qualquer dos seguintes eventos que tenham ocorrido durante os últimos 5 anos
EventoDescrição
Qualquer condenação criminalNão
Qualquer condenação em processo administrativo da CVM e as penas aplicadasNão
13.Distribuição de cotistas, segundo o percentual de cotas adquirido.
Faixas de PulverizaçãoNº de cotistasNº de cotas detidas% de cotas detido em relação ao total emitido% detido por PF% detido por PJ
Até 5% das cotas 19.860,0012.228.577,00100,00%97,82%2,18%
Acima de 5% até 10% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 10% até 15% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 15% até 20% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 20% até 30% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 30% até 40% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 40% até 50% 0,000,000,00%0,00%0,00%
Acima de 50% 0,000,000,00%0,00%0,00%

14.

Transações a que se refere o art. 34 e inciso IX do art.35, da Instrução CVM nº 472, de 2008

Não possui informação apresentada.

15.

Política de divulgação de informações

15.1 Descrever a política de divulgação de ato ou fato relevante adotada pelo administrador, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores, indicando os procedimentos relativos à manutenção de sigilo acerca de informações relevantes não divulgadas, locais onde estarão disponíveis tais informações, entre outros aspectos.
São considerados relevantes pelo Administrador qualquer deliberação da assembleia geral de cotistas ou do Administrador ou qualquer outro ato ou fato que possa influir de modo ponderável (I) na cotação das cotas ou de valores mobiliários a elas referenciados, (II) na decisão dos investidores de comprar, vender ou manter as cotas, e (III) na decisão dos investidores de exercer quaisquer direitos inerentes à condição de titular cotas ou de valores mobiliários a elas referenciados, tais como, exemplificativamente, mas não limitados a: I – atraso para o recebimento de quaisquer rendimentos que representem percentual significativo dentre as receitas do fundo; II – venda ou locação dos imóveis de propriedade do fundo destinados a arrendamento ou locação, e que possam gerar impacto significativo em sua rentabilidade; III – fusão, incorporação, cisão, transformação do fundo ou qualquer outra operação que altere substancialmente a sua composição patrimonial; IV – emissão de cotas nos termos do inciso VIII do artigo 15 da Instrução CVM 472. Tais informações são divulgadas à CVM, à BM&FBovespa, e também através do site do Administrador, no endereço https://www.oliveratrust.com.br/. Adicionalmente, o Administrador adota segregação física da sua área de administração de fundos imobiliários em relação às áreas responsáveis por outras atividades e linhas de negócio. Neste sentido, o acesso a sistemas e arquivos, inclusive em relação à guarda de documentos de caráter confidencial, é restrito à equipe dedicada pela administração de tais fundos, sendo possível o compartilhamento de informações às equipes jurídicas e de compliance que atendam tal área de negócio. Adicionalmente, o Administrador tem como política interna a exigência de termos de confidencialidade com todos os seus funcionários, no momento de sua contratação.
15.2 Descrever a política de negociação de cotas do fundo, se houver, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
Fundo listado em bolsa de valores (B3), onde suas cotas são admitidas à negociação no mercado secundário. As informações e documentos públicos do fundo estão disponíveis no website do Administrador: https://www.oliveratrust.com.br
15.3 Descrever a política de exercício do direito de voto em participações societárias do fundo, ou disponibilizar o link correspondente da página do administrador na rede mundial de computadores.
https://www.oliveiratrust.com.br/downloads/OLIVEIRA_TRUST_Politica_de_Voto.pdf
15.4 Relacionar os funcionários responsáveis pela implantação, manutenção, avaliação e fiscalização da política de divulgação de informações, se for o caso.
Não possui informação apresentada.
16.Regras e prazos para chamada de capital do fundo:
Fundo não possui chamada de capital. Novas emissões de cotas podem ser realizadas mediante aprovação da assembleia geral de cotistas.

Anexos
5.Riscos

Nota

1.A relação de prestadores de serviços de que trata o item 1.8 deve ser indicada quando o referido prestador de serviços representar mais de 5% das despesas do FII